Com tecnologia do Blogger.

ao amanhecer




Para os amanhaceres apressados.. o gel de banho que já contém hidratação para a pele (sem ser preciso passarmos um creme hidratante após o banho. É um "2 em 1" (eu até diria neste caso "3 em 1", por incluir pérolas de exfoliação) e um "vista-se de imediato" aplaudidos.








E a Lena lançou o seu livro










(chocolates artesanais House of Hudge)



E a Lena, uma das minhas melhores amigas, lançou um livro: "Diz-lhe que não". E é um sucesso! Um livro dentro dos mesmos parâmetros de escrita das suas tão famosas  rubricas "o amor é outra coisa", que podem ser acompanhadas no seu blog.

O livro espelha com humor, sarcasmo e sem 'papas na língua' uma série de histórias sobre as relações amorosas de um grupo de amigas, inspiradas em circunstâncias reais. Histórias às quais assistimos de perto, infeliz ou felizmente, já que devemos saber aceitar as lições que surgem no desenrolar da vida para amadurecermos e sabermos desvalorizar os enredos menos exemplares, valorizando consequentemente aqueles que à posteriori se desenlaçam e provam como o amor até pode ser outra coisa. E a Lena, como a maioria das mulheres, é "moderadamente romântica" (ou muito romântica como disse o Diogo Faro no Lançamento do livro) e mostra como as mulheres podem e devem ser unidas!


beauty notes


Deste Kit cor-de-rosa:
Perfume Jimmy Choo (disponível na Sephora); leite micelar desmaquilhante da Sephora (uma fórmula que retira qualquer tipo de maquilhagem mas simultaneamente não irrita a pele); Sérum StiVectrin (disponível na Sephora) - uma gama "fenómeno" no tratamento anti-idade pela tecnologia avançada NIA-114™, ideal para se aplicar antes do creme hidratante diário. 

Ainda na imagem: Máscara de rosto Lierac - ideal para se aplicar 1 a 2x por semana, numa camada espessa a actuar durante 15 minutos (composta por argila rosa, extracto de rosa enriquecida em manteiga de karité e óleo de manga); Creme anti-celulite Anne Möller (para se aplicar idealmente após o banho, quando os poros estão mais abertos) com uma fórmula revolucionária com cafeína e um fitocomplexo a partir da planta carnivora (sundew), que ajuda a prevenir e combater a celulite, melhora a firmeza/elasticidade da pele e reduz a acumulação de gordura. 


[o livro da minha amiga Helena Magalhães "Diz-lhe que Não", inspirado nas suas crónicas "O Amor é Outra Coisa", ao qual dedicarei um outro post! ]



No dia-a-dia em que convivemos com maquilhagens mais leves, tornou-se muito mais útil limparmos o rosto com água micelar. A Nivea detém duas fórmulas, uma pensada para pele sensível, apesar de a água micelar já ser por si só muito indicada para as peles sensíveis (onde entram as peles com tendência a borbulhas). Basicamente remove as impurezas e a maquilhagem mais leve e não precisa do auxílio do Tónico, pois já tem agentes calmantes que podem ficar a actuar na pele. 







  
A Sephora facilita-nos a vida e detém nos seus espaços uma série de máscaras para o rosto (também tem os patches anti-imperfeições do nariz), e para mãos e pés. Nesta "série" de máscaras destacam-se as tão faladas hoje em dia "máscaras de tecido" (finalmente experimentei!).  As cores do packaging de cada máscara estão relacionadas com os ingredientes e consequentemente com determinados benefícios para a pele.





A base Water blend da Make up Forever (da Sephora) é aquela preferida de muitas make up artists, e não é por acaso: tem uma cobertura mais leve, mas por isso mesmo permite uma sensação de leveza e frescura (semelhante aos CC creams) na pele, sem originar a típica opacidade pesada na pele do rosto proporcionada por muitas bases, e que não deixam a pele respirar. Esta é uma base para rosto e corpo, composta por 80% de água, e também à prova de água! 






paisagens típicas, nas suas cores


lifestyle photography @Fazdeconta.fotografia


Uma paisagem repleta de tranquilidade, cores vivas e memórias da actividade dos pescadores. São as pinceladas mais características daquele que é o famoso quadro da aldeia de Escaroupim. Uma aldeia perto de Salvaterra de Magos, e a relativamente poucos km de Lisboa. Junto à Casa Típica Avieira (o espaço com as pequenas casas em madeira pintadas de cores vivas e construídas sob estacas) pode passear-se à beira de uma praia fluvial (assim considerada pelos mais aventureiros) e encontramos também uma boa garfada de comida!

No regresso à capital, o pôr-do-sol tornou-se cúmplice da praia de Alcochete. :)





última paragem: I AMsterdam










































diário fotográfico por @Faz de Conta fotografia

No regresso a Portugal, Amesterdão soou como uma boa sugestão para uma paragem entre voos e para ser percorrida a pé sob os seus vários canais (no embalo dos km a pé já somados em Praga), apesar de serem efetivamente os ciclistas que mandam nesta cidade. Às 9h30 da manhã, depois de uma viagem rápida de comboio desde o aeroporto, estranhou-se, porém, serem poucos os locais que, a uma segunda-feira, estivessem abertos para se tomar o pequeno-almoço (algumas lojas da zona comercial apenas abriam inclusivamente ao meio-dia! E com uma quantidade a olhos vistos de sacos de lixo ainda por recolher nas ruas.)

Desta visita pela segunda vez à capital da Holanda, ficou sem sentido (e sem tempo) espreitarmos dois dos principais museus de referência, como o de Van Gogh ou a Casa de Anne Frank, por exemplo. Mas junto ao museu Rijksmuseum tornou-se irresistível não tirar as fotografias cliché junto à tão famosa estrutura de letras gigantes I AMsterdam!

O comércio vintage em lojas verdadeiramente irresistíveis acabou por ser o clímax desta paragem,  principalmente após a expectativa defraudada em Praga pela lacuna da existência deste tipo de lojas com roupa, acessórios entre outros objectos vintage e em segunda mão. :)