terça-feira, 1 de abril de 2014

ISTO


O beijo na testa, que me desarma. 
Que nos une, como se tivesse existido um desde sempre.
O beijo que não te esquecerá.