quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

O AMANHÃ ARRISCADO POR ONTEM


"Depressa"
"Tudo ou nada"
"Quem não arrisca (...)"

Como é que o amanhã viveria sem os inconsequentes inocentes riscos do ontem.
Sendo menos impulsivos no dia de hoje, seriam mais ponderados no dia de amanhã?
Não deixariam de ser lembrados, isso com certeza.
O amanhã arrisca-se por ontem.

Boa noite*


Sem comentários: