quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

HOW LONG IS FOREVER?

Não me atrevo a medir forças com os segundos eternos que o meu instinto vai marcando no calendário. Sopro depressa as saudades, mas ainda assim antecipam-se à ausência. 

Boa noite! 



Sem comentários: