Com tecnologia do Blogger.

MODALISBOA "FREEDOM": DIA 3

O 3º dia da ModaLisboa esteve muito forte, apesar do bom-tempo que convidava as primeiras visitas à praia! O sol não tirou com toda a certeza protagonismo aos criadores e novos talentos nacionais deste dia: Valentim Quaresma, Os Burgueses/LAB, Daniel Dinis/LAB, Maria Gambina, o designer internacional convidado Piotr Drzal, Miguel Vieira, Nuno Baltazar e Nuno Gama!

Valentim Quaresma apresentou as suas jóias sob o mote "Vírus" em que os metalizados revelam padrões microscópicos combinados com diversos materiais:




Os Burgueses/LAB mostraram a sua força nos coordenados pretos, cinzentos e vermelhos, com predomínio de muitos fechos eclair, drapeados e colarinhos fechados até cima! Nas silhuetas muito femininas revêem-se influências masculinas:






Daniel Dinis/LAB aposta na sporty & ice trend, muito prática para eles:




A criativa Maria Gambina apresenta peças de streetwear onde a silhueta Y predomina: o curto conjuga-se com o extra-large. Os pretos e o toque de cores de azul e vermelho fundem-se nas lãs, no grafismo e nos estampados muito acentuado:







Piotr Drzal, o guest designer, quebra o estereótipo combinando o desportivo com o formal, e confundindo-os propositamente (o desportivo é usado para looks formais e vice-versa); o futebol americano numa versão futurista do gentleman look, recorrendo a geometrias e a linhas suaves:





Miguel Vieira "veste o fado" e apresenta-nos as habituais peças estruturadas com corte de alfaiataria para ele e peças com silhueta ampulheta longas, midi e mini e muitos decotes em V para ela, combinando-se cetim com peles, pêlos, lãs e lantejoulas, maioritariamente:

























Nuno Baltazar reforça o carácter feminino nas tendências, com silhuetas que destacam o trabalho de ombros e mangas (as assimetrias), as pregras e os drapeados volumosos. A coleção foi além dos tons escuros e nude, procurando também pelos tons quentes como a canela, o ocre, os rosas e os laranjas. À semelhança de Miguel Vieira e Dino Alves até então, os acessórios reforçam a feminilidade com stilettos, clutches e luvas:

























Nuno Gama apresenta um "gang de bons rapazes" - "Nuno Gama Gang, Bang, Bang..." - onde o homem está amadurecido, seguro de si e cada vez mais cuidado e sensual. Os blazers com as camisas e as malhas de qualidade, assim como as calças justas e os sapatos de atacador são indispensáveis, complementados com a Samarra, os grandes sobretudos e golas de raposa, que nem novos gentleman urbanos:





1 comentário

Closet2Me disse...

Estiveste muito bem no «Combate de Blogs»!!;)
Bjinhux!

http://closet2me.blogspot.com/