sexta-feira, 15 de outubro de 2010

MODA LISBOA "IN THE MARKET" DAY 4:DESFILE MARIA GAMBINA



a mulher de Maria Gambina chama-se Inês de Castro. a Inês de Castro que foi apaixonada por D.Pedro, foi assassinada e foi coroada depois de morta.

vemos coordenados com elementos mitológicos como o Grifo -  criatura com corpo de leão e cabeça e asas de uma águia - simbolizando o amor, ou uma iluminura sobre a caça dos irmãos Limbourg - como símbolo da perseguição de Inês, ou imagens gráficas de frutos em decomposição que simbolizam o acto da coroação póstuma de Inês de Castro.

os drapeados falsos e as aberturas nas mangas são outros elementos que mostram a influência da Época, mas Maria Gambina confessa que a sua Inês de Castro é mais urbana, rebelde, sexy e romântica, e não descurou as propostas renovadas dos pólos e das t-shirts, a sua imagem de marca.

Maria Gambina confessou ainda que as peças não se resumem ao que vemos por fora:

“O caso triste e digno de memória,
Que do sepulcro os homens desenterra,
Aconteceu da mísera e mesquinha
Que depois de morta foi rainha”.

é este o verso de Camões, é esta a história que continua, é este o detalhe dos acabamentos interiores das peças, e que pode fazer sentir especial a mulher de Maria Gambina.





fotos: press room Moda Lisboa
fonte: press release in DailyModaLisboa

 

Sem comentários: