Com tecnologia do Blogger.

DIESEL BLACK GOLD SS´11

 


 

Nova Iorque, o local. Primavera-Verão 2011, a Estação. e Diesel, a marca. Diesel Black Gold (por Sophia Kokosalaki), o desfile.

Uma carta de amor à arte, ao artesanato e à cena musical da Costa Ocidental Americana, a proposta.
A criatividade selvagem do movimento artístico e artesanal da Costa Ocidental, o espírito livre dos festivais de rock e as paisagens ensolaradas da Califórnia, a inspiração.

denota-se, por isso, um estilo vintage, um lado artesanal,  traduzidos na ilusão de excesso de uso, como que roupas amadas e usadas durante Verões sem fins. vemos couro, camurça, detalhes em pele. patchwork e elementos florais. e vemos muito mais. tudo flui, com muita natureza.

e as caras conhecida? ei-las:  Lou Doillon, Paz De La Huerta, Elisa Sednaoui, Julia Jones, a banda The MisShapes, Beatrice Borromeo, Linda Vojtova e Melissa Satta.